Últimas Novidades!

como declarar emprestimo consignado

Como declarar empréstimo consignado? Veja aqui!

Como declarar empréstimo consignado é algo que os consumidores devem saber. Mas os aposentados ou trabalhadores formais devem estar atentos sobre o procedimento para realizar isso. 

como declarar emprestimo consignado

O que é empréstimo consignado? Saiba tudo sobre essa modalidade: https://www.meuportalfinanceiro.com.br/o-que-e-emprestimo-consignado/

Processo de como declarar empréstimo consignado

A maioria dos consumidores têm dúvidas sobre o período para declarar o Imposto de Renda, principalmente sobre os dados que precisam ser repassados para a Receita Federal. 

Uma das informações que devem ser declaradas pelos aposentados ou trabalhadores formais diz respeito aos empréstimos. Mas antes de mais nada, é importante saber como declarar empréstimo consignado. 

E, para auxiliar você a passar pelo processo, é importante conhecer qual o procedimento referente a essa declaração, de acordo com a Receita Federal. Além disso, é fundamental estar com os documentos referentes a essa declaração em mãos.

Passo a passo de como declarar empréstimo consignado

Antes de qualquer coisa, o consumidor deve ter em mente que todo o processo pode ser feito inteiramente pela internet. 

Basicamente, essa é uma possibilidade pelo site da Receita Federal, onde será possível seguir o passo a passo de como declarar empréstimo consignado. 

O processo também pode ser feito a partir do aplicativo “Programa IRPF”, disponível para Android e iOS. 

Depois que baixar o programa em seu smartphone, basta seguir o processo seguinte para declarar o empréstimo consignado:

1. Escolha qual o tipo de declaração

Para iniciar o processo de como declarar empréstimo consignado, é necessário entrar na plataforma informada acima e escolher entre a seguintes opções:

  • Criar uma nova declaração: Se for a sua primeira declaração ou queira iniciar um novo processo, selecione essa opção;
  • Importar os dados IRPF anteriores: Para aproveitar os dados que já desenvolveu anteriormente, sejam parciais ou integrais, selecione essa opção. Vale ressaltar que você deve consultar os dados e atualizá-los;
  • Importar uma declaração pré-preenchida: Ao escolher essa opção, será possível retornar ao preenchimento de uma declaração anterior. Vale ressaltar que o preenchimento é feito por etapas, ou seja, mesmo que não tenha terminado em um dia, os dados ficam salvos e você pode retornar para preenchê-los.

Assim que escolher qual é o tipo de declaração, preencha ou atualize os dados conforme informações solicitadas. Na sequência, será necessário declarar todas as suas despesas e receitas, incluindo os dados referentes ao empréstimo.

2. Clique em “Dívidas e Ônus Reais”

Para declarar o empréstimo consignado, o consumidor deve escolher o campo descrito como “Dívidas e Ônus Reais”. 

Vale ressaltar que o mesmo campo deve ser escolhido para os empréstimos de outras modalidades, seja de empréstimos ou financiamentos contratados anteriormente. 

Principalmente aqueles que foram contratados de forma informal, ou seja, através de amigos ou familiares. 

3. Escolha quais são as especificações do credor

Assim que passar pela modalidade anterior, o cliente deve informar qual o código financeiro da instituição que cedeu esse empréstimo, são elas:

  • 11: Um estabelecimento bancário ou comercial;
  • 12: Uma sociedade de crédito, um financiamento ou um investimento;
  • 13: Outras pessoas que tenham ligações jurídicas;
  • 14: Pessoas que sejam físicas;
  • 15: Os empréstimos que foram contraídos no exterior;
  • 16: Código referente a outras dívidas e ônus reais.

Já que você está realizando o processo de como declarar empréstimo consignado, escolha o código 11, se tiver contratado a partir de uma instituição financeira, ou o 12, caso tenha sido através de um fintech ou empresa especializada. 

4. Informe todos os dados referentes ao empréstimo consignado

No campo descrito como “Discriminação”, o consumidor deve informar todos os dados relacionados ao empréstimo consignado, por exemplo: o motivo dessa contratação, o número de parcelas para quitar a dívida e os dados do agente financeiro. 

Todos os dados referentes à instituição credora são utilizados pela Receita Federal para confirmar se os recursos que foram declarados são suficientes para o pagamento parcial ou integral do empréstimo. 

5. Informe todos os valores de seu empréstimo

A próxima etapa de como declarar empréstimo consignado é fornecer o valor que foi pago até o presente momento no campo “Situação”. Se você deseja verificar os dados referentes a essa modalidade, basta entrar em contato com a instituição financeira.

Inclusive, se você tem mais de um empréstimo consignado ativo, é necessário citar ambos em sua declaração. Dessa forma, quando finalizar o seu preenchimento, uma lista geral com todos os empréstimos será emitida. 

Quais documentos são necessários para declarar empréstimo consignado?

Assim que for realizar o processo de como declarar empréstimo consignado, alguns documentos são necessários, são eles:

  • Cópia de declaração do IR do ano anterior;
  • Seu Título de Eleitor;
  • Um informe com todos os seus rendimentos;
  • Uma cópia de todos os recibos e notas fiscais que foram emitidas, caso seja autônomo;
  • Um informe com todos os seus rendimentos do INSS;
  • Um informe com todos os seus rendimentos financeiros;
  • dentre outros.

Lembre-se de verificar quais são os demais documentos para fazer a declaração diretamente no site da Receita Federal, tornando o processo muito mais simples e rápido. 

Vale ressaltar que o processo deve ser feito por aposentados ou pensionistas do INSS, além dos servidores formais.